contato@periciaeletrica.com.br | (41) 3011-3611 | Curitiba-PR

Você já se deu conta se a instalação elétrica da sua residência, prédio comercial ou condomínio passa por manutenção elétrica periódica e se encontra em condições mínimas de segurança?

Essa instalação, sem você perceber, pode estar sendo um ambiente com grande risco incêndio, bem como acidentes com choque elétrico, podendo ser fatal.

Por isso, trago nesse post orientações de quando devemos fazer uma manutenção elétrica em nossa instalação e, também, quando essa instalação começa a nos dar indícios da necessidade de uma intervenção técnica por um profissional qualificado.

 

Quais são os tipos de manutenção que podemos realizar em uma instalação elétrica?

 

Embora existam vários tipos de manutenções, o foco desse post será a manutenção preventiva. Certamente é a que mais irá lhe beneficiar no que diz respeito a segurança da sua instalação.

 

Manutenção Preventiva

 

Essa manutenção deve ser realizada dentro de um intervalo de tempo pré-estabelecido de acordo com o local e as condições atuais da instalação. Como ela deve ser feita de forma rotineira, é possível identificar com antecedência alguma anomalia elétrica ou defeito em componentes da instalação elétrica, evitando que situações possam ocorrer de forma inesperada. Como exemplo de manutenção preventiva temos o reaperto de todas as conexões existentes dentro de um quadro elétrico.

 

Quando devemos fazer uma manutenção em nossas instalações elétricas?

 

De acordo com a NBR 5410 – Instalações Elétricas de Baixa Tensão, norma que determina as regras de uma boa prática na instalação elétrica, não define um tempo padrão para a realização de uma manutenção preventiva.

Segundo item 8.1 da NBR 5410:

“A periodicidade da manutenção deve ser adequada a cada tipo de instalação. Por exemplo, essa periodicidade deve ser tanto menor quanto maior a complexidade da instalação (quantidade e diversidade de equipamentos), sua importância para as atividades desenvolvidas no local e a severidade das influências externas a que está sujeita”.

Embora a norma estabeleça um tempo para uma ação de manutenção em uma instalação elétrica, deve-se analisar o estado atual da instalação e o local (residencial, comercial, predial ou industrial). Com isso, é possível ter uma noção do estado dos componentes (condutores, disjuntores, contatoras, etc.) e, dessa forma, estabelecer um período coerente para se fazer a manutenção preventiva.

A seguir mostro duas fotografias tiradas durante uma vistoria técnica para uma elaboração de laudo, assunto que poderá ser tratado em outras postagens. As imagens retratam de forma muito clara o resultado da falta de manutenção preventiva de uma instalação elétrica.

 

quadro manutencao

 

Como podemos verificar, o estado do quadro é de máxima precariedade por falta da elaboração de um planejamento de manutenção preventiva por partes dos responsáveis do local. Com o passar do tempo esse quadro se tornou um ambiente com forte indício de acidente com choque elétrico e foco de incêndio.

 

Quem pode fazer uma manutenção elétrica?

 

Sem sombra de dúvida, essa é uma pergunta que devemos fazer.

A você, meu amigo, que busca alguém pra fazer qualquer tipo de intervenção na instalação elétrica do seu patrimônio, independente de qual seja ele, você contrataria um pessoa que se diz entendedora do assunto só porque viu alguns vídeos ou leu alguns tutoriais na internet?

Você permitiria que seu quadro elétrico chegue a tal ponto como o das fotografias anteriores ou como essa da fotografia abaixo?

 

quadro cabos

 

As imagens retratam resultados de intervenções feitas pelos “eletricistas” que não possuem nenhuma qualificação.

Para você que deseja realizar uma manutenção preventiva em seu patrimônio, sempre priorize por um profissional qualificado. Faça orçamentos do serviço a ser realizado com um profissional qualificado. Dessa forma, você estará vendo o valor financeiro aplicado como um investimento de valorização do seu patrimônio.

Consequentemente, as instalações elétricas irão funcionar de forma segura, evitando um ambiente com forte indício de acidente com choque elétrico ou, até mesmo, um incêndio de graves proporções como infelizmente temos visto no decorrer destes últimos anos.

Nossa maior missão aqui é conseguirmos fazer com que essa conscientização se espalhe de tal maneira que, em um futuro próximo, nós possamos diminuir esses índices de acidentes com eletricidade.

 

Veja também:

Modelo de laudo de inspeção elétrica para condomínios residenciais

Incêndio no Flamengo – Opinião Técnica do Engenheiro Eletricista

Manutenção elétrica em condomínios – Cuidados ao contratar um eletricista

Compartilhe com seus amigos!
Por | 2020-01-16T14:15:54-03:00 janeiro 16th, 2020|Dicas técnicas|

Sobre o autor:

Leandro Brandão
CEO da Brandão Engenharia & Consultoria Eletrica, Engenheiro Eletricista, pós graduando em Engenharia de Segurança do Trabalho. Experiência em manutenção elétrica industrial, elaboração de projetos elétricos, sistemas de energia ininterrupta, coordenação e gerenciamento de projetos elétricos e fotovoltaicos, gerenciamento de energia, iluminação pública e elaboração de laudos e vistorias em instalações elétricas. Com a experiência adquirida com o passar dos anos pude também atuar como professor ministrando aula para cursos técnicos e cursos profissionalizantes.

2 Comentários

  1. Avatar
    William Fortes 25/01/2020 at 08:55 - Reply

    Informações técnicas e orientações muito importante, isto ajuda nos orientamos cada vez mais os nossos clientes

    • Leandro Brandão
      Leandro Brandão 27/01/2020 at 15:15 - Reply

      Olá William!
      Primeiramente muito obrigado pelo seu feedback. Ele é de suma importância para nós e é exatamente neste ponto que mencionou que será o meu foco principal, fazer com que vocês profissionais da elétrica, através destes posts, possam conscientizar seus clientes o quão é importante sempre contratar um profissional qualificado para executar tal trabalho.

      Tem uma outra postagem super interessante que falo sobre a importância de se ter um prontuário das instalações elétricas dentro dos edifícios. Em Fevereiro terão mais postagens enfatizando essas questões sobre a importância de se fazer as manutenções em condutores e quadros elétricos, como fazer e muito mais!

      Não deixe de nos acompanharmos no blog do #períciaeletrica

Deixe um comentário!

WhatsApp chat